São Paulo de Fato

MAIO AMARELO

JUNTOS SALVAMOS VIDAS NO TRÂNSITO

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com a chamada ‘’Juntos salvamos vidas’’, mais uma campanha de conscientização sobre mortes no trânsito acontece nesse mês com uma proposta que é o eixo norteador: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.
Instituído como resolução pela Assembléia Geral das Nações Unidas, desde março de 2010, um documento foi elaborado como forma de se buscar ações para a Segurança no Trânsito.
Dados oficiais da página da campanha apontam números alarmantes para os quais não podemos virar as costas. Para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde – OMS, em 2009, contabilizou cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Em 2020, a  projeção subiu para 1,9 milhão e o ranking de quinta maior causa de mortalidade.
Em termos de Brasil, a Polícia Rodoviária Federal – PRF, responsável pela Campanha Maio Amarelo 2022, tem o registro de mais de 64 mil acidentes de trânsito em 2021, com 71.804 pessoas feridas e 5.393 mortes. As falhas humanas, segundo a coordenação da campanha, são a principal razão, entre elas ultrapassagem perigosa e o uso do celular ao volante, este último considerado o novo ‘’álcool’’ de quem dirige por tirar o poder de concentração do motorista.
Na cidade de São Paulo, a coordenação de ações de orientações para a segurança no trânsito está a cargo da Prefeitura, através da Secretaria de Mobilidade e Trânsito (SMT) e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). 
Essa é, com certeza, uma das maiores preocupações que todos nós, enquanto sociedade civil e autoridades governamentais, devemos ter como meta de ações que diminuam expressivamente esses índices cada vez mais crescentes. E dá para perceber que tudo passa pela questão de conscientização de motoristas, ciclistas e transeuntes, e da educação no trânsito, com campanhas ostensivas que massifiquem mudança de atitude na hora de dirigir, e melhorem a relação com todos os envolvidos no trânsito: motoristas, transeuntes, ciclistas e motociclistas, além dos agentes de trânsito.
Nesse link, é possível acompanhar  a programação oficial do Maio Amarelo, aqui na nossa cidade, pelo site: http://www.cetsp.com.br/consultas/maioamarelo/programacao.aspx

Lembre-se, sua opinião é muito importante para nós. Envie sugestões e comente os assuntos abordados para ajudar a transformar essa coluna em um grande bate papo para que, juntos, sejamos os agentes das mudanças que queremos ver no mundo. 
Aproveita para dar uma passadinha nas nossas redes sociais, pode curtir, seguir nossos conteúdos, enviar sugestões e perguntas. 
Esperamos sua visita!

 

Se você puder, dá uma passadinha lá no 
Facebook e no Instagram. No nosso site também.

Facebook: /alineteixeira.oficial
Instagram: @alineteixeira.oficial
Twitter: @alineteixeirasp
 
Site: www.alineteixeirasp.com.br 
 
Curta as redes e aproveita para escrever
 o que achou do artigo lá. 

Vamos juntos nessa caminhada!
Repetindo a frase que meu pai sempre fala: 
Um beijo no seu coração!

  • COMPARTILHE

MAIO AMARELO

12/05/2022 20:46


Com a chamada ‘’Juntos salvamos vidas’’, mais uma campanha de conscientização sobre mortes no trânsito acontece nesse mês com uma proposta que é o eixo norteador: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.
Instituído como resolução pela Assembléia Geral das Nações Unidas, desde março de 2010, um documento foi elaborado como forma de se buscar ações para a Segurança no Trânsito.
Dados oficiais da página da campanha apontam números alarmantes para os quais não podemos virar as costas. Para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde – OMS, em 2009, contabilizou cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Em 2020, a  projeção subiu para 1,9 milhão e o ranking de quinta maior causa de mortalidade.
Em termos de Brasil, a Polícia Rodoviária Federal – PRF, responsável pela Campanha Maio Amarelo 2022, tem o registro de mais de 64 mil acidentes de trânsito em 2021, com 71.804 pessoas feridas e 5.393 mortes. As falhas humanas, segundo a coordenação da campanha, são a principal razão, entre elas ultrapassagem perigosa e o uso do celular ao volante, este último considerado o novo ‘’álcool’’ de quem dirige por tirar o poder de concentração do motorista.
Na cidade de São Paulo, a coordenação de ações de orientações para a segurança no trânsito está a cargo da Prefeitura, através da Secretaria de Mobilidade e Trânsito (SMT) e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). 
Essa é, com certeza, uma das maiores preocupações que todos nós, enquanto sociedade civil e autoridades governamentais, devemos ter como meta de ações que diminuam expressivamente esses índices cada vez mais crescentes. E dá para perceber que tudo passa pela questão de conscientização de motoristas, ciclistas e transeuntes, e da educação no trânsito, com campanhas ostensivas que massifiquem mudança de atitude na hora de dirigir, e melhorem a relação com todos os envolvidos no trânsito: motoristas, transeuntes, ciclistas e motociclistas, além dos agentes de trânsito.
Nesse link, é possível acompanhar  a programação oficial do Maio Amarelo, aqui na nossa cidade, pelo site: http://www.cetsp.com.br/consultas/maioamarelo/programacao.aspx

Lembre-se, sua opinião é muito importante para nós. Envie sugestões e comente os assuntos abordados para ajudar a transformar essa coluna em um grande bate papo para que, juntos, sejamos os agentes das mudanças que queremos ver no mundo. 
Aproveita para dar uma passadinha nas nossas redes sociais, pode curtir, seguir nossos conteúdos, enviar sugestões e perguntas. 
Esperamos sua visita!

 

Se você puder, dá uma passadinha lá no 
Facebook e no Instagram. No nosso site também.

Facebook: /alineteixeira.oficial
Instagram: @alineteixeira.oficial
Twitter: @alineteixeirasp
 
Site: www.alineteixeirasp.com.br 
 
Curta as redes e aproveita para escrever
 o que achou do artigo lá. 

Vamos juntos nessa caminhada!
Repetindo a frase que meu pai sempre fala: 
Um beijo no seu coração!