São Paulo de Fato

Messi desbanca Van Dijk e CR7 e é eleito melhor jogador do mundo pela 6ª vez

Argentino supera Van Dijk e Cristiano Ronaldo e volta a conquistar premiação após quatro anos

O argentino Lionel Messi foi eleito pela sexta vez o melhor jogador do mundo. O anúncio ocorreu na tarde de  segunda-feira (23), em evento realizado pela entidade, em Milão. Com o prêmio, o atacante do Barcelona deixou Cristiano Ronaldo para trás e se tornou o jogador mais vencedor do prêmio da Fifa ao lado de Marta. Além do português, o holandês Van Dijk completou o pódio. 

“Na verdade, eu sempre digo que o prêmio individual é secundário, o mais importante é o coletivo. Mas hoje é especial para mim, tive a oportunidade de estar ao lado da minha mulher e de dois dos meus três filhos. O Thiago já veio aqui mas era muito pequeno, hoje vê-los ali não tem preço. São dois apaixonados por futebol, e estão adorando ver tantos jogadores aqui, não sabem se pedem autógrafos, estão tímidos”, disse o argentino. Pelo Barcelona, Messi conquistou o Campeonato Espanhol, sendo o artilheiro da competição com 36 gols. O argentino também foi o principal goleador da Liga dos Campeões com 12 bolas na rede, principal torneio de clubes do mundo. Ele levou a chuteira de ouro na temporada com 51 gols pelo Barça. 

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Messi desbanca Van Dijk e CR7 e é eleito melhor jogador do mundo pela 6ª vez

O argentino Lionel Messi foi eleito pela sexta vez o melhor jogador do mundo. O anúncio ocorreu na tarde de  segunda-feira (23), em evento realizado pela entidade, em Milão. Com o prêmio, o atacante do Barcelona deixou Cristiano Ronaldo para trás e se tornou o jogador mais vencedor do prêmio da Fifa ao lado de Marta. Além do português, o holandês Van Dijk completou o pódio. 

“Na verdade, eu sempre digo que o prêmio individual é secundário, o mais importante é o coletivo. Mas hoje é especial para mim, tive a oportunidade de estar ao lado da minha mulher e de dois dos meus três filhos. O Thiago já veio aqui mas era muito pequeno, hoje vê-los ali não tem preço. São dois apaixonados por futebol, e estão adorando ver tantos jogadores aqui, não sabem se pedem autógrafos, estão tímidos”, disse o argentino. Pelo Barcelona, Messi conquistou o Campeonato Espanhol, sendo o artilheiro da competição com 36 gols. O argentino também foi o principal goleador da Liga dos Campeões com 12 bolas na rede, principal torneio de clubes do mundo. Ele levou a chuteira de ouro na temporada com 51 gols pelo Barça.