São Paulo de Fato

Mercedes-Benz lança chassi de ônibus desenvolvido para fretamento

O novo OF 1621 da Mercedes-Benz é um chassi que já vem pronto para encarroçamento

Divulgação
  • Novo modelo OF 1621, para até 48 passageiros, atende a demandas de empresas do setor, como a paranaense Rimatur, parceira da Mercedes-Benz na idealização do projeto
  • Chassi do tipo plug and play diminui retrabalhos, agilizando a montagem de carrocerias
  • Com balanço dianteiro mais curto, veículo apresenta maior ângulo de entrada e de saída, facilitando o serviço de fretamento contínuo dentro dos bairros da cidade
  • Clique aqui e veja o vídeo do novo OF 1621 para fretamento

Em resposta às demandas dos clientes, a Mercedes-Benz lança no mercado brasileiro o chassi de ônibus OF 1621, desenvolvido especialmente para o fretamento contínuo de transporte de funcionários para empresas e indústrias. Esse novo modelo do portfólio da marca, com PBT (peso bruto total) de 16,5 toneladas e motor OM 924 LA de 208 cv, pode receber carroceria de até 12,55 metros de comprimento, permitindo a montagem de até 48 assentos para passageiros mais DPM (Dispositivo de Poltrona Móvel), que oferece segurança e conforto de acessibilidade a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

“Nosso portfólio tradicionalmente já oferece vários modelos de chassis de ônibus para as empresas do segmento. Com esse lançamento, o nosso grande diferencial é que o inédito OF 1621 foi concebido especificamente para ser o modelo de entrada do segmento de fretamento contínuo a partir de pedidos de clientes que nos solicitaram um ônibus com um custo mais atrativo, sem abrir mão do maior número possível de assentos, permitindo o transporte dos passageiros com distanciamento e segurança”, ressalta Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

A solução encontrada foi um modelo com balanços dianteiro e traseiro mais curtos e o entre-eixo de 5.950 mm. Com isso, foi possível acomodar os equipamentos como o tanque de combustível de 300 litros, o tanque de ARLA, baterias, sistema de pós-tratamento dos gases de escape e preparação para ar condicionado de tal forma que não há necessidade de retrabalhos de corte das longarinas e do cardan para alongamento do chassi. Dessa maneira, o OF 1621 diminui os retrabalhos e já sai da fábrica pronto para receber a carroceria de forma rápida e fácil e, consequentemente, com menor custo de aquisição e o melhor custo/benefício do mercado para fretamento.   

“A Mercedes-Benz é a primeira marca que traz para o mercado um veículo completamente dedicado ao serviço de fretamento contínuo”, informa o executivo. “Esse projeto foi realizado em parceria com os encarroçadores, visando a otimização do tempo de encarroçamento e um menor volume de retrabalho pelo implementador. Os clientes também foram ouvidos e contribuíram com esse processo. A empresa paranaense Rimatur, por exemplo, referência nesse segmento, participou ativamente e forneceu inputs acerca da configuração do chassi. Essa visão do cliente contribuiu muito para a assertividade do desenvolvimento desse novo produto da marca”, diz Walter Barbosa.

Rimatur Transportes é a primeira a adquirir o OF 1621 em sua frota

Primeiro cliente a adquirir o novo OF 1621 da Mercedes-Benz, a Rimatur Transportes, de Curitiba, capital do Paraná, é considerada a maior empresa de fretamento da região Sul e uma das maiores do País. Hoje, sua principal atividade está ligada ao fretamento contínuo, transportando funcionários para empresas de call center e de polos industriais como São José dos Pinhais, Campo Largo e Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba.

“Nossa frota opera de segunda a sábado, em três turnos, com uma média de 90 minutos entre as empresas e a residência dos seus funcionários”, diz Emerson Imbronizio, diretor comercial da Rimatur. “Em função disso, sugerimos aos parceiros da Mercedes-Benz e das encarroçadoras um ônibus que assegurasse ótima capacidade de assentos. Além disso, o balanço dianteiro curto proporciona um melhor ângulo de entrada, facilitando a manobra nas cidades, especialmente no interior dos bairros. Isso nos ajuda a cumprir horários, o que é essencial no fretamento contínuo”.

Novo OF 1621 facilita e agiliza o encarroçamento

Por sua característica plug and play, o novo OF 1621 da Mercedes-Benz é um chassi que já vem pronto para encarroçamento, assegurando maior rapidez, menor interferência e menor reposicionamento de componentes, com ajustes da posição de escape, sistema de freios e suportes do quadro.

O OF 1621 se caracteriza por balanços dianteiro e traseiro curtos. Na parte dianteira, isso resulta em maior ângulo de entrada e de saída, facilitando o serviço de fretamento contínuo, dentro dos bairros da cidade. Na traseira, o balanço curto possibilita a instalação de bagageiro passante, permitindo também a acomodação do estepe.

O motor OM 924 LA do OF 1621 é o mesmo do OF 1721, amplamente conhecido no mercado por sua força, robustez, desempenho excelente e baixo consumo de combustível. Sua potência é de 208 cv a 2.200 rpm, com torque máximo de 780 Nm entre 1.200 a 1.600 rpm. Esse motor possui polia com canaleta adicional para acionamento do compressor do ar condicionado, solução ideal para fretamento.

A esse propulsor junta-se o câmbio G-85 de 6 marchas, igualmente reconhecido por sua eficiência e conforto de dirigibilidade.

Mercedes-Benz mantém a liderança nas vendas de ônibus no Brasil

Mesmo com volumes menores em ano de pandemia, a Mercedes-Benz mantém sua destacada liderança nas vendas de ônibus no País. De janeiro a outubro deste ano, a marca emplacou quase 5.600 ônibus, conquistando cerca de 50% de participação de mercado no segmento acima de 8 toneladas de PBT.

“Somos os responsáveis pela maior parte das vendas de ônibus para fretamento em 2020”, informa Walter Barbosa. “Considerando o volume acumulado de janeiro a outubro, foram emplacados 688 ônibus Mercedes-Benz desse segmento em 2020, o que dá à marca 57% de market share”.

De acordo com o diretor, a pandemia afetou todos os segmentos de ônibus, mas o de fretamento foi o menos prejudicado. Isso se deu por conta do fretamento contínuo das empresas que, para se adequar às medidas de segurança em relação à COVID-19, tiveram que aumentar o número de ônibus para reduzir o número de pessoas por veículo e garantir o distanciamento entre os funcionários.

Outros setores, como o de celulose, por exemplo, alcançaram crescimento durante a pandemia, demandando assim novos contratos com empresas de fretamento. Para 2020, a Mercedes-Benz projeta que o segmento de fretamento deva responder por 11% de um total de 13.500 ônibus emplacados no mercado brasileiro, seguindo expectativas da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

Fonte

Luís Alberto Alves/Hourpress
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Mercedes-Benz lança chassi de ônibus desenvolvido para fretamento

Luís Alberto Alves/Hourpress
  • Novo modelo OF 1621, para até 48 passageiros, atende a demandas de empresas do setor, como a paranaense Rimatur, parceira da Mercedes-Benz na idealização do projeto
  • Chassi do tipo plug and play diminui retrabalhos, agilizando a montagem de carrocerias
  • Com balanço dianteiro mais curto, veículo apresenta maior ângulo de entrada e de saída, facilitando o serviço de fretamento contínuo dentro dos bairros da cidade
  • Clique aqui e veja o vídeo do novo OF 1621 para fretamento

Em resposta às demandas dos clientes, a Mercedes-Benz lança no mercado brasileiro o chassi de ônibus OF 1621, desenvolvido especialmente para o fretamento contínuo de transporte de funcionários para empresas e indústrias. Esse novo modelo do portfólio da marca, com PBT (peso bruto total) de 16,5 toneladas e motor OM 924 LA de 208 cv, pode receber carroceria de até 12,55 metros de comprimento, permitindo a montagem de até 48 assentos para passageiros mais DPM (Dispositivo de Poltrona Móvel), que oferece segurança e conforto de acessibilidade a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

“Nosso portfólio tradicionalmente já oferece vários modelos de chassis de ônibus para as empresas do segmento. Com esse lançamento, o nosso grande diferencial é que o inédito OF 1621 foi concebido especificamente para ser o modelo de entrada do segmento de fretamento contínuo a partir de pedidos de clientes que nos solicitaram um ônibus com um custo mais atrativo, sem abrir mão do maior número possível de assentos, permitindo o transporte dos passageiros com distanciamento e segurança”, ressalta Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

A solução encontrada foi um modelo com balanços dianteiro e traseiro mais curtos e o entre-eixo de 5.950 mm. Com isso, foi possível acomodar os equipamentos como o tanque de combustível de 300 litros, o tanque de ARLA, baterias, sistema de pós-tratamento dos gases de escape e preparação para ar condicionado de tal forma que não há necessidade de retrabalhos de corte das longarinas e do cardan para alongamento do chassi. Dessa maneira, o OF 1621 diminui os retrabalhos e já sai da fábrica pronto para receber a carroceria de forma rápida e fácil e, consequentemente, com menor custo de aquisição e o melhor custo/benefício do mercado para fretamento.   

“A Mercedes-Benz é a primeira marca que traz para o mercado um veículo completamente dedicado ao serviço de fretamento contínuo”, informa o executivo. “Esse projeto foi realizado em parceria com os encarroçadores, visando a otimização do tempo de encarroçamento e um menor volume de retrabalho pelo implementador. Os clientes também foram ouvidos e contribuíram com esse processo. A empresa paranaense Rimatur, por exemplo, referência nesse segmento, participou ativamente e forneceu inputs acerca da configuração do chassi. Essa visão do cliente contribuiu muito para a assertividade do desenvolvimento desse novo produto da marca”, diz Walter Barbosa.

Rimatur Transportes é a primeira a adquirir o OF 1621 em sua frota

Primeiro cliente a adquirir o novo OF 1621 da Mercedes-Benz, a Rimatur Transportes, de Curitiba, capital do Paraná, é considerada a maior empresa de fretamento da região Sul e uma das maiores do País. Hoje, sua principal atividade está ligada ao fretamento contínuo, transportando funcionários para empresas de call center e de polos industriais como São José dos Pinhais, Campo Largo e Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba.

“Nossa frota opera de segunda a sábado, em três turnos, com uma média de 90 minutos entre as empresas e a residência dos seus funcionários”, diz Emerson Imbronizio, diretor comercial da Rimatur. “Em função disso, sugerimos aos parceiros da Mercedes-Benz e das encarroçadoras um ônibus que assegurasse ótima capacidade de assentos. Além disso, o balanço dianteiro curto proporciona um melhor ângulo de entrada, facilitando a manobra nas cidades, especialmente no interior dos bairros. Isso nos ajuda a cumprir horários, o que é essencial no fretamento contínuo”.

Novo OF 1621 facilita e agiliza o encarroçamento

Por sua característica plug and play, o novo OF 1621 da Mercedes-Benz é um chassi que já vem pronto para encarroçamento, assegurando maior rapidez, menor interferência e menor reposicionamento de componentes, com ajustes da posição de escape, sistema de freios e suportes do quadro.

O OF 1621 se caracteriza por balanços dianteiro e traseiro curtos. Na parte dianteira, isso resulta em maior ângulo de entrada e de saída, facilitando o serviço de fretamento contínuo, dentro dos bairros da cidade. Na traseira, o balanço curto possibilita a instalação de bagageiro passante, permitindo também a acomodação do estepe.

O motor OM 924 LA do OF 1621 é o mesmo do OF 1721, amplamente conhecido no mercado por sua força, robustez, desempenho excelente e baixo consumo de combustível. Sua potência é de 208 cv a 2.200 rpm, com torque máximo de 780 Nm entre 1.200 a 1.600 rpm. Esse motor possui polia com canaleta adicional para acionamento do compressor do ar condicionado, solução ideal para fretamento.

A esse propulsor junta-se o câmbio G-85 de 6 marchas, igualmente reconhecido por sua eficiência e conforto de dirigibilidade.

Mercedes-Benz mantém a liderança nas vendas de ônibus no Brasil

Mesmo com volumes menores em ano de pandemia, a Mercedes-Benz mantém sua destacada liderança nas vendas de ônibus no País. De janeiro a outubro deste ano, a marca emplacou quase 5.600 ônibus, conquistando cerca de 50% de participação de mercado no segmento acima de 8 toneladas de PBT.

“Somos os responsáveis pela maior parte das vendas de ônibus para fretamento em 2020”, informa Walter Barbosa. “Considerando o volume acumulado de janeiro a outubro, foram emplacados 688 ônibus Mercedes-Benz desse segmento em 2020, o que dá à marca 57% de market share”.

De acordo com o diretor, a pandemia afetou todos os segmentos de ônibus, mas o de fretamento foi o menos prejudicado. Isso se deu por conta do fretamento contínuo das empresas que, para se adequar às medidas de segurança em relação à COVID-19, tiveram que aumentar o número de ônibus para reduzir o número de pessoas por veículo e garantir o distanciamento entre os funcionários.

Outros setores, como o de celulose, por exemplo, alcançaram crescimento durante a pandemia, demandando assim novos contratos com empresas de fretamento. Para 2020, a Mercedes-Benz projeta que o segmento de fretamento deva responder por 11% de um total de 13.500 ônibus emplacados no mercado brasileiro, seguindo expectativas da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).