São Paulo de Fato

Diniz não abre mão de seu estilo. " É a forma que eu entendo o jogo".

Santos agora tem semana cheia para treinar visando o jogo pela Libertadores

Após a última vitória contra o Boca Juniors, na Vila Belmiro, o Santos subiu para segunda colocação de seu grupo na Libertadores da América, brigando diretamente pela vaga na próxima fase da competição. Além da vitória, o peixe também teve a estreia de Fernando Diniz, que foi expulso e, segundo o autor do gol, o lateral Felipe Jhonatan, teve participação direta no tento do triunfo devido à jogada treinada.


Na coletiva desta quinta, Diniz deixou claro suas intenções no Santos, passando pela manutenção de seu estilo de jogo. Quando perguntado sobre se pretende manter o que fez por Atlhetico Paranaense, Fluminense e São Paulo, o treinador deixou claro suas intenções. " Quando o São Paulo era líder do campeonato e jogava bonito, todos gostavam, mas bastou a gente tomas alguns gols, ninguém lembra mais que fizemos vários da mesma forma", completou o comandante Santista.


Outra questão importante que Diniz teve que abordar foi sobre goleiros. Para ele, todos se encaixam perfeitamente em seu estilo de jogo, sobretudo no jogo com os pés. " Jhon e João Paulo vêm de boa temporada. O Santos está muito bem servido de goleiros", disse exaltando a capacidade técnica de ambos. Fernando evitou a comparação com Sampaoli, quando o argentino pediu para que o Santos trouxesse outro "camisa 1", já que não achava que Vanderlei soubesse trabalhar a bola.


O Santos tem agora uma semana livre antes do desafio contra o The Strongest, quando terá que enfrentar os quase 4000 metros de altitude. para se manter vivo, o peixe tem que vencer . Um empate, coloca a vaga em risco, fazendo a equipe ter que torcer pelo tropeço do Boca.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Diniz não abre mão de seu estilo. " É a forma que eu entendo o jogo".

Após a última vitória contra o Boca Juniors, na Vila Belmiro, o Santos subiu para segunda colocação de seu grupo na Libertadores da América, brigando diretamente pela vaga na próxima fase da competição. Além da vitória, o peixe também teve a estreia de Fernando Diniz, que foi expulso e, segundo o autor do gol, o lateral Felipe Jhonatan, teve participação direta no tento do triunfo devido à jogada treinada.


Na coletiva desta quinta, Diniz deixou claro suas intenções no Santos, passando pela manutenção de seu estilo de jogo. Quando perguntado sobre se pretende manter o que fez por Atlhetico Paranaense, Fluminense e São Paulo, o treinador deixou claro suas intenções. " Quando o São Paulo era líder do campeonato e jogava bonito, todos gostavam, mas bastou a gente tomas alguns gols, ninguém lembra mais que fizemos vários da mesma forma", completou o comandante Santista.


Outra questão importante que Diniz teve que abordar foi sobre goleiros. Para ele, todos se encaixam perfeitamente em seu estilo de jogo, sobretudo no jogo com os pés. " Jhon e João Paulo vêm de boa temporada. O Santos está muito bem servido de goleiros", disse exaltando a capacidade técnica de ambos. Fernando evitou a comparação com Sampaoli, quando o argentino pediu para que o Santos trouxesse outro "camisa 1", já que não achava que Vanderlei soubesse trabalhar a bola.


O Santos tem agora uma semana livre antes do desafio contra o The Strongest, quando terá que enfrentar os quase 4000 metros de altitude. para se manter vivo, o peixe tem que vencer . Um empate, coloca a vaga em risco, fazendo a equipe ter que torcer pelo tropeço do Boca.