São Paulo de Fato

Com um mês de Santos, Cuca começa a mostrar resultado mesmo com muito a se melhorar

Em campo, o novo técnico não perde há seis jogos com o clube Alvinegro

Em campo, o novo técnico não perde há seis jogos com o clube Alvinegro (Foto: Ivan Storti/Divulgação)

A fase do Santos não é a ideal, porém, o trabalho do técnico Cuca tem começado a dar resultado desde que chegou ao clube do litoral paulista há 30 dias. A última e expressiva vitória do Peixe, sobre o Vasco no Maracanã, por 3 a 0, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro no último sábado (1), com direito a três gols de Gabigol, rendeu um pouco mais de confiabilidade no desempenho extra campo do treinador que tem embalado a equipe na competição.

Com os três pontos fora de casa, o Time da Vila chegou aos 27, subindo quatro posições, indo à 10º colocação da tabela e ficando a quatro da zona da degola.

Apesar de ainda não ter afastado totalmente o perigo do rebaixamento, a vitória deu um pouco de tranquilidade depois de toda a novela envolvendo Carlos Sánchez, Conmebol e Independiente ao longo da última semana, e que culminou com a eliminação na Libertadores.

“É muito importante distanciar, há confiança maior. Podemos lutar contra o rebaixamento, mas também encostar no grupo que busca vaga na Libertadores. Temos que fazer o melhor no que resta”, disse Cuca em entrevista.

Em um mês no comando do Alvinegro Praiano são três vitórias, quatro empates e duas derrotas sob o comando de Cuca. Apesar do começo conturbado, o treinador tem encaixado o seu jeito de jogar através do time e das peças à sua disposição.

A última derrota em 90 minutos, por exemplo, foi contra o Atlético-MG fora de casa, no dia 12 de agosto, por 3 a 1. De lá pra cá, o elenco ainda não perdeu com bola rolando e se desconsiderarmos as desclassificações na Copa do Brasil e Libertadores, foram quatro vitórias e dois empates, marcando 10 gols e sofrendo apenas um.

E com mais confiança, Cuca tem liberdade maior para mexer no esquema tático do elenco. Contra o Vasco no último sábado, o técnico deixou o 4-3-3 para trabalhar em um 4-4-2, de forma a surpreender a equipe de Alberto Valentim que teve dificuldades para marcar uma movimentação do ataque santista, trazendo Gabriel e Eduardo Sasha centralizados na frente e trocando de posição a todo momento.

Artilheiro - E falando em Gabigol, contra o clube cruzmaltino o atacante rendeu à torcida uma de suas melhores atuações no ano, marcando os três gols – todos tocando de primeira, da vitória no Maracanã e desiquilibrando a partida.

“Na quinta eu fiz 22 anos e confesso que meu o pedido foi a vitória com gols, porque eu nunca tinha feito gol no Maracanã. Eu já tinha sido campeão olímpico aqui (em 2016), tenho o Maracanã tatuado na minha perna, então conseguir esta vitória com três gols é muito importante para mim”, disse o jogador após a partida.

Além disso, o torcedor santista pode ficar mais otimista em relação ao camisa 10 do Peixe, já que o atleta, artilheiro do Brasileirão com 10 gols, considerou a possibilidade de permanecer na Vila até 2019.

“Fico muito feliz com o meu bom momento no Santos. Sou um torcedor dentro de campo. Claro que faltam 17 jogos para acabar meu contrato (com o Santos), dá até um aperto no coração. Tenho tempo para decidir se eu vou voltar ou se eu vou ficar. Tenho de aproveitar o máximo”, disse Gabigol lembrando que está emprestado ao clube paulista pela Inter de Milão até o final de 2018.

Próximo duelo do Peixe é contra o 4º colocado Grêmio, quinta às 19h, no Pacaembu.

 

BAIXE O APP SÃO PAULO DE FATO

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

INSCREVA-SE NOSSO CANAL NO YOUTUBE

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também

Felipão é demitido do Palmeiras
03Jun

Felipão é demitido do Palmeiras

Reunião na Academia define a saída do treinador

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec
03Jun

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec

O Palmeiras é o dono da melhor campanha no geral..

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo
03Jun

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo

Grupo F da Copa Libertadores

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio
03Jun

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio

A maior novidade ficou na parte do ataque teste