São Paulo de Fato

Com gol de Bruno Henrique no finalzinho, Santos vence o Fluminense e respira aliviado na t

Peixe derrotou o Tricolor das Laranjeiras por 1 a 0 e com 13 pontos fica fora do Z4 antes da pausa para a Copa

Peixe derrotou o Tricolor das Laranjeiras por 1 a 0 e soma 13 pontos no Brasileirão (Foto: Estadão Conteúdo)

Foi por pouco, mas o Santos venceu o Fluminense por 1 a 0, em jogo válido pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro, nesta quarta (13), no Maracanã. O gol saiu aos 40 minutos do segundo tempo, dos pés de Bruno Henrique que tirou o zero do placar e garantiu os três pontos para o Peixe. A vitória dá um ânimo a mais para o time de Jair Ventura que entrará na pausa para a Copa fora da zona de rebaixamento.

Apesar de jogar fora de casa, era importante para o clube da Vila Belmiro conquistar os três pontos para se livrar da zona da degola e dar alívio para a torcida alvinegra após a última derrota para o Internacional em pleno Alçapão. Do outro lado, um Fluminense que buscava não se distanciar dos primeiros colocados, já que era o 11º com 14 pontos.

Sem Rodrygo, em negociação com o Real Madrid nesta semana, o Santos veio com Brunop Henrique ao lado de Gabigol como atacantes. Alison, Diego Pituca e Léo Cittadini, também foram escalados.

O primeiro lance importante veio aos 20 minutos, para o lado tricolor. Após tentativa de cruzamento da direita de Mateus Norton, a bola espirra na zaga santista e sobra para o atacante Pablo Diego que arriscou de primeira, fazendo Vanderlei trabalhar pela primeira vez na partida.

O Peixe respondeu no mesmo minuto, com Jean Mota, após lançamento em profundidade pela esquerda. O meio campista bateu cruzado na direção do bico da trave, com o goleiro Júlio César fazendo boa defesa.

Aos 24, o Fluminense chega mais uma vez com perigo. Cobrança de lateral da direita para o meio da área santista e Pablo cabeceia com dificuldade com a bola encobrindo a meta do Peixe. Na queda, o jogador do Fluminense bateu com as costas no joelho de David Braz e precisou ser atendido.

Ambas as equipes se marcavam bastante, dividindo a posse de bola e dando dificuldades para que cada um dos times chegasse ao ataque e consequentemente finalizasse.

Voltando da mesma forma para o segundo tempo, o Santos tentou ser mais agressivo buscando meios para que Gabigol e Bruno Henrique pegasse mais na bola. Numa jogada rápida de contra-ataque, aos 12, Bruno Henrique arranca em velocidade e passa para Gabigol, que vai até a linha de fundo e cruza da esquerdo direto na cabeça de Bruno. O atacante desperdiça uma grande oportunidade, com a bola passando perigosamente ao lado da trave direita.

Com o Fluminense continuando apagado na segunda etapa, o Peixe quase chegou ao gol novamente, aos 20. Dessa vez invertendo os papéis, Bruno Henrique é quem cruza do mesmo lado esquerdo para Gabigol, mas a bola rasteira e rápida passa direto pelo artilheiro que não alcança, mais um lance perigoso do ataque santista.

Quando a partida se encaminhava ao final com um empate, brilhou a estrela de Bruno Henrique. Aos 40 da etapa complementar, bola no ataque alvinegro, com Diego Pituca cruzando da intermediária direita para dentro da área. Totalmente livre de marcação, o camisa 11 mata no peito e sem deixar a gorduchinha cair no chão ele dá um pequeno voleio com a perna direita, para balançar as redes fluminenses, um golaço.

O gol salvador garantiu mais três pontos para o Santos na tabela, somando 13 pontos e permanecendo em 15º e afastando, pelo menos até a volta do Brasileirão depois da Copa do Mundo da Rússia, a desconfiança da torcida pra cima de Jair Ventura e de seu elenco. O próximo desafio do Peixe é o clássico contra o Palmeiras, no dia 19 de julho, às 20h, no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 1 SANTOS F.C.

DATA: 13/06/2018.

HORÁRIO: às 19h.

ESTÁDIO: Maracanã, Rio de Janeiro - RJ.

PÚBLICO: 7.438.

ARBITRAGEM: Árbitro – Rafael Traci (PR); Auxiliares - Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR).

GOL:  Bruno Henrique (SAN), aos 40 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS: Mateus Norton, Douglas (FLU) / Alisson, Diego Pituca e Renato (SAN).

CARTÕES VERMELHOS: nenhum.

FLUMINENSE: Júlio César; Ibañez (Sornoza), Nathan e Luan Peres; Matheus Norton, Richard, Douglas, Marlon e Jadson (Dodi); Pablo Dyego (Dudu) e Pedro. Técnico: Abel Braga.

SANTOS F.C.: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Dodô; Alison (Copete), Diego Pitica e Jean Mota (Renato); Léo Cittadini, Bruno Henrique e Gabigol (Vitor Bueno). Técnico: Jair Ventura.

BAIXE O APP SÃO PAULO DE FATO

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

INSCREVA-SE NOSSO CANAL NO YOUTUBE

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também

Felipão é demitido do Palmeiras
14Mai

Felipão é demitido do Palmeiras

Reunião na Academia define a saída do treinador

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec
14Mai

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec

O Palmeiras é o dono da melhor campanha no geral..

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo
14Mai

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo

Grupo F da Copa Libertadores

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio
14Mai

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio

A maior novidade ficou na parte do ataque teste