São Paulo de Fato

Subprefeitura Casa Verde foca em serviços de drenagem e revitalização de praças

Lista de obras em andamento na área da Sub Casa Verde/Cachoeirinha.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

Desculpe o transtorno. Estamos em obras para melhorar o bairro.  Um alerta com esses dizeres poderia ser colocado em vários pontos do território da Subprefeitura Casa Verde/Cachoeirinha. Com a liberação de emendas parlamentares foi possível contratar máquinas para o desassoreamento de córregos que se somam à limpeza manual e revitalizar onze praças, quadras poliesportivas e canteiros.

Quem passa pela avenida Masao o Watanabe já pode ver o resultado da pintura da quadra e troca do alambrado, mas a obra não acabou e ainda serão instalados brinquedos de madeira com rampa, escorregador, escada de marinheiro, balança e banco de areia.  A Praça Mário Fabre teve o piso reformado e pintado. Além disso, ganhou bancos e mesas de concreto. Falta o playground.

A praça da Av. Mariana Cagliori Ronchetti   também promete ficar de cara nova. Já tem uma academia para terceira idade, mas vai ganhar brinquedos, mesas e bancos.  Na Praça Antônia Maturano Lago o piso intertravado está passando por reparos, assim como a quadra que deverá ganhar também traves novas. Outras praças devem ter as obras iniciadas nos nas próximas semanas.

No Jardim Peri, a requalificação da Viela 10 e escadão chama a atenção. Ganhou um mini jardim, drenos e um piso todo novo.

Com o controle da pandemia e com a chegada do verão, a população terá nesses espaços boas opções para prática de exercícios, esportes, além de lazer.

Outra obra já iniciada, é o Jardim de Chuva da Nossa Senhora do Ó. Ele deverá ter 120 metros quadrados com 1,5 metro de profundidade. A obra não resolverá definitivamente o problema de inundação na região, mas poderá minimizar.  A solução depende de obras mais complexas já projetadas, mas a cargo da Secretaria de Obras. 

Por outro lado, a subprefeitura tem acelerado a reforma de sarjetas e sarjetões no encontro das ruas, especialmente em áreas de declive para  direcionar a água da chuva para os pontos de coleta, bocas de lobo e galerias, reduzindo as enxurradas em calçadas e meio das vias. Essas reformas exigem um tempo de secagem  e o entulho é usado para impedir a passagem de veículos sobre o concreto fresco. Em geral, isso dura uma semana. Por isso, mais uma vez, repetimos: desculpe o transtorno, mas estamos trabalhando para melhor o bairro.

  • COMPARTILHE

Subprefeitura Casa Verde foca em serviços de drenagem e revitalização de praças

23/11/2021 16:16


 

Desculpe o transtorno. Estamos em obras para melhorar o bairro.  Um alerta com esses dizeres poderia ser colocado em vários pontos do território da Subprefeitura Casa Verde/Cachoeirinha. Com a liberação de emendas parlamentares foi possível contratar máquinas para o desassoreamento de córregos que se somam à limpeza manual e revitalizar onze praças, quadras poliesportivas e canteiros.

Quem passa pela avenida Masao o Watanabe já pode ver o resultado da pintura da quadra e troca do alambrado, mas a obra não acabou e ainda serão instalados brinquedos de madeira com rampa, escorregador, escada de marinheiro, balança e banco de areia.  A Praça Mário Fabre teve o piso reformado e pintado. Além disso, ganhou bancos e mesas de concreto. Falta o playground.

A praça da Av. Mariana Cagliori Ronchetti   também promete ficar de cara nova. Já tem uma academia para terceira idade, mas vai ganhar brinquedos, mesas e bancos.  Na Praça Antônia Maturano Lago o piso intertravado está passando por reparos, assim como a quadra que deverá ganhar também traves novas. Outras praças devem ter as obras iniciadas nos nas próximas semanas.

No Jardim Peri, a requalificação da Viela 10 e escadão chama a atenção. Ganhou um mini jardim, drenos e um piso todo novo.

Com o controle da pandemia e com a chegada do verão, a população terá nesses espaços boas opções para prática de exercícios, esportes, além de lazer.

Outra obra já iniciada, é o Jardim de Chuva da Nossa Senhora do Ó. Ele deverá ter 120 metros quadrados com 1,5 metro de profundidade. A obra não resolverá definitivamente o problema de inundação na região, mas poderá minimizar.  A solução depende de obras mais complexas já projetadas, mas a cargo da Secretaria de Obras. 

Por outro lado, a subprefeitura tem acelerado a reforma de sarjetas e sarjetões no encontro das ruas, especialmente em áreas de declive para  direcionar a água da chuva para os pontos de coleta, bocas de lobo e galerias, reduzindo as enxurradas em calçadas e meio das vias. Essas reformas exigem um tempo de secagem  e o entulho é usado para impedir a passagem de veículos sobre o concreto fresco. Em geral, isso dura uma semana. Por isso, mais uma vez, repetimos: desculpe o transtorno, mas estamos trabalhando para melhor o bairro.