São Paulo de Fato

Linha 6-Laranja de metrô vai beneficiar estudantes de 7 universidades da capital paulista

Linha 6-Laranja ligará, em apenas 23 minutos, o bairro da Brasilândia ao centro da cidade

Imagem de capa
Crédito: Reprodução - via trólebus
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Linha 6-Laranja de metrô, que será operada pela concessionária Linha Universidade (ou Linha Uni), facilitará o acesso de estudantes para ao menos sete instituições de ensino superior da capital paulista: Universidade São Camilo, PUC-SP, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Universidade Paulista (UNIP), Centro Universitário FMU, Universidade Nove de Julho (Uninove) e Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em um raio ampliado, já que fará conexões com a CPTM, Linha 1-Azul e Linha 4-Amarela. Ainda terá no seu perímetro várias escolas localizadas nas proximidades da Avenida Paulista.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Governo do Estado de São Paulo, mais de 40% das viagens que devem ser realizadas pela Linha 6-Laranja envolverão em seu itinerário a chegada ou partida de domicílio- escola-estágio. Do total de passageiros previstos para utilização da nova linha, grande parte deve ser composta por pessoas de 18 a 24 anos, de perfil universitário.

“O país está fazendo um esforço para aumentar a participação de jovens no ensino superior, com inclusão econômica e racial. Em que pesem todas as políticas de gestão pública da área, a questão do transporte eficiente também é importante para este objetivo. Pessoas que estudam e trabalham, por exemplo, passarão menos tempo em seus deslocamentos diários, o que gerará mais oportunidade para descanso e maior qualidade de vida”, lembra Nelson Bossolan, CEO da Linha Uni. “A redução do tempo de trajeto pode ser um grande estímulo para a entrada e permanência de jovens no ensino superior”.

Quando concluída, a Linha 6-Laranja ligará, em apenas 23 minutos, o bairro da Brasilândia ao centro da cidade, com previsão de transporte de mais de 630 mil passageiros por dia.

No interior das 15 estações, os estudantes ainda poderão usufruir de serviços que facilitarão seu dia a dia, como acesso à internet e lojas de alimentação, vestuário, personal care e papelaria.

Além disso, o metrô traz desenvolvimento e prosperidade econômica, com a abertura de novas lojas, serviços, edifícios residenciais e empreendimentos em seu entorno.

Fonte

Fonte: grupo ACCIONA
  • COMPARTILHE

Linha 6-Laranja de metrô vai beneficiar estudantes de 7 universidades da capital paulista

10/06/2022 15:32


A Linha 6-Laranja de metrô, que será operada pela concessionária Linha Universidade (ou Linha Uni), facilitará o acesso de estudantes para ao menos sete instituições de ensino superior da capital paulista: Universidade São Camilo, PUC-SP, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Universidade Paulista (UNIP), Centro Universitário FMU, Universidade Nove de Julho (Uninove) e Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em um raio ampliado, já que fará conexões com a CPTM, Linha 1-Azul e Linha 4-Amarela. Ainda terá no seu perímetro várias escolas localizadas nas proximidades da Avenida Paulista.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Governo do Estado de São Paulo, mais de 40% das viagens que devem ser realizadas pela Linha 6-Laranja envolverão em seu itinerário a chegada ou partida de domicílio- escola-estágio. Do total de passageiros previstos para utilização da nova linha, grande parte deve ser composta por pessoas de 18 a 24 anos, de perfil universitário.

“O país está fazendo um esforço para aumentar a participação de jovens no ensino superior, com inclusão econômica e racial. Em que pesem todas as políticas de gestão pública da área, a questão do transporte eficiente também é importante para este objetivo. Pessoas que estudam e trabalham, por exemplo, passarão menos tempo em seus deslocamentos diários, o que gerará mais oportunidade para descanso e maior qualidade de vida”, lembra Nelson Bossolan, CEO da Linha Uni. “A redução do tempo de trajeto pode ser um grande estímulo para a entrada e permanência de jovens no ensino superior”.

Quando concluída, a Linha 6-Laranja ligará, em apenas 23 minutos, o bairro da Brasilândia ao centro da cidade, com previsão de transporte de mais de 630 mil passageiros por dia.

No interior das 15 estações, os estudantes ainda poderão usufruir de serviços que facilitarão seu dia a dia, como acesso à internet e lojas de alimentação, vestuário, personal care e papelaria.

Além disso, o metrô traz desenvolvimento e prosperidade econômica, com a abertura de novas lojas, serviços, edifícios residenciais e empreendimentos em seu entorno.

Fonte: Fonte: grupo ACCIONA