São Paulo de Fato

Paulo Diniz, autor de 'Pingos de Amor', morre aos 82 anos

Paulo Diniz faleceu em sua casa, em Boa Viagem, Zona Sul de Pernambuco

Imagem de capa
Paulo Diniz foi destaque da MPB nos anos 1960 e 1980 - Reprodução/Facebook
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O cantor e compositor Paulo Diniz faleceu, nesta quarta-feira (22), aos 82 anos, em Boa Viagem, na Zona Sul de Pernambuco. O artista, responsável pelo sucesso da MPB ‘Pingos de Amor’, morreu de causas naturais em sua residência.

A notícia foi revelada pela equipe de produção do cantor nas redes sociais. Segundo as informações divulgadas, Diniz morreu no período da manhã e o velório e enterro serão apenas para as pessoas próximas.

"Com imenso pesar, confirmamos a morte do cantor e compositor Paulo Diniz. O artista faleceu hoje, às 07h da manhã, de causas naturais, em sua residência. O velório e enterro serão restritos para amigos e familiares", diz o comunicado, reproduzido pelo Splash, do UOL.

Paulo Diniz foi destaque da MPB entre os anos 1960 e 1980, sendo alguns de seus maiores sucessos as parcerias com Odibar, como ‘Canoeiro’, ‘Um Chopp para distrair’, ‘Ponha um arco-íris na sua moringa’ e ‘Quero Voltar Pra Bahia’.

O compositor também se consagrou ao musicalizar poemas, como ‘E Agora, José?’, de Carlos Drummond de Andrade e ‘Definição do Amor’ de Gregório de Matos. Ele estava afastado dos palcos há 20 anos, após contrair uma esquistossomose.

  • COMPARTILHE

Paulo Diniz, autor de 'Pingos de Amor', morre aos 82 anos

22/06/2022 18:08


O cantor e compositor Paulo Diniz faleceu, nesta quarta-feira (22), aos 82 anos, em Boa Viagem, na Zona Sul de Pernambuco. O artista, responsável pelo sucesso da MPB ‘Pingos de Amor’, morreu de causas naturais em sua residência.

A notícia foi revelada pela equipe de produção do cantor nas redes sociais. Segundo as informações divulgadas, Diniz morreu no período da manhã e o velório e enterro serão apenas para as pessoas próximas.

"Com imenso pesar, confirmamos a morte do cantor e compositor Paulo Diniz. O artista faleceu hoje, às 07h da manhã, de causas naturais, em sua residência. O velório e enterro serão restritos para amigos e familiares", diz o comunicado, reproduzido pelo Splash, do UOL.

Paulo Diniz foi destaque da MPB entre os anos 1960 e 1980, sendo alguns de seus maiores sucessos as parcerias com Odibar, como ‘Canoeiro’, ‘Um Chopp para distrair’, ‘Ponha um arco-íris na sua moringa’ e ‘Quero Voltar Pra Bahia’.

O compositor também se consagrou ao musicalizar poemas, como ‘E Agora, José?’, de Carlos Drummond de Andrade e ‘Definição do Amor’ de Gregório de Matos. Ele estava afastado dos palcos há 20 anos, após contrair uma esquistossomose.