São Paulo de Fato

Colégio Renascença tem semana de comemorações para Rosh Hashaná, o ano novo judaico

Os estudantes da mais antiga escola judaica de São Paulo, que este ano completa 100 anos, se preparam para Rosh Hashaná

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os alunos do centenário Colégio Renascença se preparam para as celebrações de Rosh Hashaná, o ano novo judaico. Entre os dias 25 e 27 de setembro, a comunidade vai comemorar a entrada no ano 5783. Estão previstas uma série de atividades durante a semana na escola para receber o novo ciclo.

Para que o ano seja bom e doce, a tradição do judaísmo celebra a data com o consumo de muitos alimentos adocicados. A instituição preparou uma atividade divertida: o Escape. Os alunos precisarão desvendar enigmas relacionados aos símbolos da festa de Rosh Hashaná, com o objetivo de descobrir um número que abrirá o cadeado de uma caixa que guarda uma surpresa bem doce para todos.

Ainda estão programadas atividades de culinária que têm como objetivo, além da experiência, integrar alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais com as crianças da Educação Infantil, trazendo uma oportunidade de convívio entre as diferentes faixas etárias.

“A receita será uma chalá redonda (agulá), símbolo de Rosh Hashaná que nos remete ao ciclo da vida, ao recomeço e à oportunidade de repensarmos nossas ações para o ano que vai iniciar. Alunos dos 4ºs e 5ºs anos e da Educação Infantil 3 e 4 aprenderão a receita e levarão o alimento produzido para casa para saborear com seus familiares”, explica Marli Ben Moshe, diretora da área judaica do Colégio Renascença.

O significado do Rosh Hashaná

Rosh Hashaná começa ao pôr do sol, na véspera de 1º de Tishrei, que este ano será em 25 de setembro, e termina após o anoitecer do dia 2 de Tishrei, ou em 27 de setembro no calendário gregoriano.

A comemoração conta com mesa farta de comidas típicas – cada uma delas com um significado - sempre acompanhadas de maçã e mel - que simbolizam o desejo para que o ano seja doce. Para os judeus esse é um momento de meditação, reflexão, balanço sobre acontecimentos que passaram e, claro, resoluções que incluem renovação da esperança para um ano novo melhor para o mundo inteiro.

Para saber mais sobre o Rosh Hashaná e o Colégio, acesse: http://www.renascenca.br

 

  • COMPARTILHE

Colégio Renascença tem semana de comemorações para Rosh Hashaná, o ano novo judaico

21/09/2022 13:48


Os alunos do centenário Colégio Renascença se preparam para as celebrações de Rosh Hashaná, o ano novo judaico. Entre os dias 25 e 27 de setembro, a comunidade vai comemorar a entrada no ano 5783. Estão previstas uma série de atividades durante a semana na escola para receber o novo ciclo.

Para que o ano seja bom e doce, a tradição do judaísmo celebra a data com o consumo de muitos alimentos adocicados. A instituição preparou uma atividade divertida: o Escape. Os alunos precisarão desvendar enigmas relacionados aos símbolos da festa de Rosh Hashaná, com o objetivo de descobrir um número que abrirá o cadeado de uma caixa que guarda uma surpresa bem doce para todos.

Ainda estão programadas atividades de culinária que têm como objetivo, além da experiência, integrar alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais com as crianças da Educação Infantil, trazendo uma oportunidade de convívio entre as diferentes faixas etárias.

“A receita será uma chalá redonda (agulá), símbolo de Rosh Hashaná que nos remete ao ciclo da vida, ao recomeço e à oportunidade de repensarmos nossas ações para o ano que vai iniciar. Alunos dos 4ºs e 5ºs anos e da Educação Infantil 3 e 4 aprenderão a receita e levarão o alimento produzido para casa para saborear com seus familiares”, explica Marli Ben Moshe, diretora da área judaica do Colégio Renascença.

O significado do Rosh Hashaná

Rosh Hashaná começa ao pôr do sol, na véspera de 1º de Tishrei, que este ano será em 25 de setembro, e termina após o anoitecer do dia 2 de Tishrei, ou em 27 de setembro no calendário gregoriano.

A comemoração conta com mesa farta de comidas típicas – cada uma delas com um significado - sempre acompanhadas de maçã e mel - que simbolizam o desejo para que o ano seja doce. Para os judeus esse é um momento de meditação, reflexão, balanço sobre acontecimentos que passaram e, claro, resoluções que incluem renovação da esperança para um ano novo melhor para o mundo inteiro.

Para saber mais sobre o Rosh Hashaná e o Colégio, acesse: http://www.renascenca.br