São Paulo de Fato

Santos não consegue afastar crise e é eliminado da Copa do Brasil

Arbitragem encerrou a partida quando o Peixe poderia ampliar e se classificar evitando eliminação nos pênaltis

Arbitragem encerrou a partida quando o Peixe poderia ampliar e se classificar evitando eliminação nos pênaltis (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Os tempos são difíceis para o Time da Vila Belmiro. Já não bastasse a péssima campanha no Brasileirão, na zona do rebaixamento em 17º e com 18 pontos, o torcedor santista ainda teve que amargar nesta quinta (15) a derrota nos pênaltis para o Cruzeiro, pelas quartas de final da Copa do Brasil, no Mineirão. Mesmo tendo vencido no tempo normal por 2 a 1, com gols de Gabriel e Bruno Henrique, virando após gol de Thiago Neves na primeira etapa, o Peixe perdeu nas penalidades, por 3 a 0, onde brilhou a estrela de Fábio que pegou as três cobranças alvinegras.

No tempo normal, viu-se um Santos aguerrido, brigando ela vitória, já que a derrota no jogo de ida por 1 a 0 em casa, dava ao Cruzeiro a chance de garantir a vaga na semifinal apenas empatando.

No entanto, mesmo tomando pressão o jogo todo, o Alvinegro Praiano conseguiu abrir brechas na defesa cruzeirense, sobretudo na ponta direita de onde se iniciou a jogada do segundo gol, com cruzamento de Rodrygo na cabeça de Bruno, aos 38 da etapa complementar.

O jogo poderia ter terminado ainda nos 90 minutos com classificação paulista, isto porque, o arbitro da partida, o paranaense Rodolfo Toski Marques, permitiu que o jogo que iria até 49 fosse até 50, no momento de uma falta para o Cruzeiro. O Santos recuperou e quando partiu para o contra-ataque, o juiz encerrou a partida.

“A Fifa pede tanto para favorecer o ataque, para deixar o jogo aberto, põe o VAR para corrigir as deficiências que tem em uma arbitragem para sair mais gols", disse o técnico Cuca citando o uso da tecnologia que está sendo usada pela primeira vez em uma competição brasileira de futebol.

"Acabar o jogo da maneira como acabou não foi o prejuízo só do lance, que poderia até o Bruno (era o atacante Gabriel Barbosa) não fazer o gol. O prejuízo foi emocional e eu sabia que eu ia perder. Enquanto o Cruzeiro saiu para sepreparar o meu time inteiro foi para cima da arbitragem. Precisei entrar em campo para tirá-los de lá”, confessou o treinador.

A disputa então seguiu para as penalidades e a equipe mineira começou marcando, com Lucas Silva vencendo Vanderlei. A partir daí, o que era esperança virou desespero, com Fábio defendendo os três chutes santistas, de Bruno Henrique, Rodrygo e Jean Mota, sacramentando de vez a eliminação do Peixe para o atual campeão da competição.

Fazia tempo que o Santos não ganhava uma partida. A última foi justamente fora de casa, contra o Fluminense, em um magro 1 a 0, pelo Brasileirão. De lá pra cá foram mais de dois meses sem saber o que é vencer.

Cuca enalteceu o resultado no tempo normal, diante do desafio que era vencer a Raposa em sua casa. “Acho que foi um grande jogo, digno de duas equipes grandes, com muita tradição, camisa, acostumadas a ganhar competições assim. Temos que enaltecer o espírito, a postura, estratégia. É difícil jogar aqui, campo cheio, sairmos atrás, ter equilíbrio para tocar e desenhar jogadas”, disse.

Apesar do 2 a 1, o técnico sabe que a eliminação é dura para o elenco, ainda mais na má fase que o Santos vive atualmente. “Estou muito orgulhoso dos meninos pelo que fizeram. Temos elenco reduzido, queria muito passar, mas podemos cuidar das outras duas frentes. Viemos aqui e vencemos, mas pela eliminação, precisamos de apoio e compreensão”, finalizou.

 

BAIXE O APP SÃO PAULO DE FATO

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

INSCREVA-SE NOSSO CANAL NO YOUTUBE

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também

Felipão é demitido do Palmeiras
18Mai

Felipão é demitido do Palmeiras

Reunião na Academia define a saída do treinador

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec
18Mai

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec

O Palmeiras é o dono da melhor campanha no geral..

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo
18Mai

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo

Grupo F da Copa Libertadores

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio
18Mai

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio

A maior novidade ficou na parte do ataque teste