São Paulo de Fato

Palmeiras é derrotado em casa para o Sport e perde chance de liderar o Brasileirão

Reclamando bastante da arbitragem, Verdão até saiu na frente, mas deixou vitória escapar por 3 a 2

Reclamando bastante da arbitragem, Verdão até saiu na frente, mas deixou vitória escapar por 3 a 2 (Foto: Globoesporte.com/Reprodução)

O Palmeiras foi derrotado pela equipe do Sport-RE por 3 a 2, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro neste sábado (26), no Allianz Parque. Embalado pela classificação para as quartas da Copa do Brasil, pra cima do América-MG, na quarta (23), o Verdão veio a campo com praticamente o mesmo time da última partida, apenas sem Willian e Deyverson, com Roger Machado optando por começar com Guerra no meio, Lucas Lima adiantado ao lado de Dudu e Keno como trio de ataque.

No começo da partida, o Palestra chegou pouco ao gol do Sport. A primeira chance veio aos 7 minutos dos pés de Bruno Henrique. Vestindo a abraçadeira de capitão, o volante arriscou chute de fora da área, mas a bola passa longe do gol.

Apesar de começar tomando a iniciativa no jogo, tentando chegar mais pela direita, com Guerra e Bruno Henrique, o Alviverde errava passes e prendia a bola muito na defesa, o que irritava a torcida. Dudu, aos 18, aproveita lançamento de Guerra, cuja a defesa não consegue cortar. O camisa 7 tenta pegar de primeira, a bola passa próximo a trave esquerda de Magrão.

Um minuto depois, falta dura de Felipe Melo em cima de Neto Moura, recebendo cartão amarelo. Na cobrança pelo canto direito, Marione rola a bola para Claudio Winck que apenas isola a bola, por cima do gol do Jailson.

Neste momento o Sport-RE ataca mais com o contra-ataque e o Palmeiras, apesar da maior posse de bola, não conseguia armar jogadas que penetrassem a zaga pernambucana. Além disso, a equipe paulista errava passes e fazia muitas faltas.

Contudo, o Verdão buscava o ataque, muito na bola parada. Escanteio aos 28, Marcos Rocha cobra na medida para o cabeceio de Antônio Carlos que para na ótima defesa de Magrão que espalma, no rebote o Verdão não concluiu a finalização.

A trigulação no campo de ataque também era uma das armas alviverdes para tentar furar a defesa do Sport, com Keno sendo acionado na maioria das vezes. Aos 31, a bola chega pela direita para o camisa 11 na grande área, ele gira pra cima do marcador e bate pra fora.

No minuto seguinte dessa vez pela esquerda, mais uma vez Keno, recebe cruzamento de Diogo Barbosa e aparece na pequena área de cara para o gol, apenas para empurrar para as redes o primeiro gol alviverde.

No segundo tempo, o Palmeiras tentou manter a postura que teve na primeira etapa, no entanto, o Sport levava mais perigo nas vezes que atacava. Após cruzamento da direita de Marlone, no mesmo lado de onde saiu o gol palmeirense, o volante Anselmo, aos 5, sobe mais que a zaga alviverde e balança as redes, empatando para o Leão.

Os rápidos contra-ataques da equipe pernambucana levavam dificuldade ao Palestra. A saída de Roger foi tirar Guerra e Lucas Lima, vaiado bastante pela torcida ao sair, para colocar Papagaio e Hyoran, respectivamente. Este último chegou a arriscar aos 21, assim que entrou, recebendo na entrada da grande área, mas isolando pra fora.

Sem assustar, o Palmeiras acabou tomando o segundo gol. Aos 27, novamente o volante Anselmo, que avança em velocidade pela área palmeirense, recebe bola rolada de Marlone, e bate de esquerda, no canto esquerdo de Jailson e virando para o Leão.

Tentando achar brechas através da enfiada de bola da bem postada zaga do Sport, o Verdão empatou com Hyoran. Aos 36, o camisa 28 recebe passe, e de fora da área, faz um golaço com a perna esquerda. A bola foi no canto de Magrão, inalcansável para o arqueiro do Leão.

Empolgada com o segundo gol, a torcida alviverde tomou outro banho de água fria cinco mintos depois. Aos 41, em mais uma jogada de escanteio, cobrado pelo sempre participativo Marlone, Rafael Marques, ex-goleador alviverde, cabeceou no segundo pau para estufar pela terceira vez a rede dos mandantes.

Antes do fim, Roger colocou Deyverson nolugar de Felipe Melo, amarelado. Perdendo a partida, o Palmeiras perde uma chance inacreditável nos minutos finais. Após cruzamento da direita, Dudu, que pouco apareceu na partida, matou no peito cruzamento da direita na medida de Keno, e sozinho na pequena área, apenas de frente pra Magrão, manda a bol por cima, disperdiçando o que poderia ser o terceiro do Verdão.

O Verdão ainda teve uma última oportunidade, mais uma vez jogada fora. Pênalti aos 49, Raul Prata puxa o Dudu na área. Keno foi para a cobrança, e apesar do suspense, telegrafou o chute para Magrão que pulou acertadamente no canto direito rasteiro.

Com a derrota em casa, o Palmeiras perde a chance de alcançar a liderança do Brasileirão e permanece com os mesmos 12 pontos. O próximo desafio do Verdão é contra o Cruzeiro no Mineirão, na próxima quarta (30), também pelo Brasileirão.

 

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS  2 X  3 SPORT-RE

DATA: 26/05/2014

HORÁRIO: 19H
ESTÁDIO: ALLIANZ PARQUE, São Paulo-SP

ARBITRAGEM: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa) apita, auxiliado por Helcio Araujo Neves
e Heronildo Freitas da Silva, todos do Pará.

PÚBLICO: 25.947

CARTÕES AMARELOS: Felipe Melo, Edu Dracena e Marcos Rocha / Raul Prata, Ernando e
Anselmo.

CARTÕES VERMELHOS: Raul Prata.

S. E. PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe
Melo (Deyverson), Bruno Henrique e Alejandro Guerra (Papagaio); Dudu, Lucas Lima (Hyoran) e
Keno. Técnico: Roger Machado.

SPORT-RE: Magrão; Claudio Winck (Raul Prata), Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Anselmo,
Fellipe Bastos, Neto Moura (Rogério), Gabriel (Carlos Henrique) e Marione; Rafael Marques.
Técnico: Claudinei Oliveira.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também

Felipão é demitido do Palmeiras
27Dez

Felipão é demitido do Palmeiras

Reunião na Academia define a saída do treinador

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec
27Dez

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec

O Palmeiras é o dono da melhor campanha no geral..

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo
27Dez

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo

Grupo F da Copa Libertadores

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio
27Dez

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio

A maior novidade ficou na parte do ataque teste