São Paulo de Fato

Em noite de tranquilidade, Palmeiras bate Bahia e se recupera no Brasileirão

Verdão soma 11 pontos e é o quarto na classificação geral

Verdão soma 11 pontos e é o quarto na classificação geral (Foto: Cear Greco/Ag. Palmeiras)

Sem dificuldades o Palmeiras venceu o Bahia, por 3 a 0, na noite deste sábado, no Allianz Parque, com gols marcados por Willian, Antônio Carlos e Borja. Com o resultado, o verdão se mantém na cola dos líderes e agora ocupa a 3º posição do Campeonato Brasileiro. Além da bela vitória, a atuação convenceu o torcedor e  ao técnico Roger Machado, que aproveitou para fazer alguns testes. 

Em um primeiro tempo absolutamente tranquilo, o alviverde não tomou conhecimento da equipe do Bahia. Com a marcação adiantada e meio campo campacto Lucas Lima se mostrava ligado no jogo, buscando passes rápidos para pegar desprevenida o defesa do time visitante. Empurrado pela torcida, o Palmeiras logo abriu  o placar  aos 3 minutos com Willian, em Borja  bela jogada pela esquerda, que invadiu a área e  cruzou na marca do pênalti; o camisa 29 fechou e fez o primeiro do verdão.

Ainda nos minutos iniciais, o Bahia não se intimidou e foi para cima. Antes dos 15 minutos teve duas oportunidades claras, colocando uma bola na trave e a outra obrigando o goleiro Jaílson a fazer grande defesa. Mas mesmo sendo aguerrido, o time baiano não conseguia manter a posse de bola, fato com que fazia o Palmeiras ser soberano.

Quando eram jogados 31 da primeira etapa, o verdão começou desenhar a tranquilidade no placar. Depois de cobrança de escanteio, Antônio Carlos escorou para fazer o segundo. Neste momento, os comendados de Roger Machado sobravam no jogo. Dessa forma, não demorou para o verdão marcar o terceiro. Borja, o artilheiro, deixou o seu aos 41, apoós grande passe de Lucas Lima. Na comemoração, o colombiano tomou amarelo por tirar a camisa.

Como controlou o jogo a maioria do tempo, o verdão foi aplaudido pela torcida e teve como destaque o atacante Willian, que a cada dia é mais pedido na equipe titular. Os 3 a 0 deixaram o jogo com boas perpectivas para os mandantes.

No segundo tempo o jogo caiu bastante no sentido emoção. Preocupado em controlar as ações e não correr riscos, o Palmeiras voltou esperando o Bahia propor as jogadas. Como isso não ocorreu mesmo com a grande vontade do time visitante, o toque de bola curto e jogadas de velocidade marcaram a segunda etapa.

Aproveitando  a vantagem , Roger decidiu fazer mudanças no time e testar alternativas. Hyoran entrou no lugar de Borja; Tiago Santos foi colocado na vaga de Felipe Mello e Guerra teve oportunidade na lacuna deixada por Keno.

Apenas no fim do jogo que as emoções voltaram. Willian perdeu um gol inacreditável, sem goleiro e na linha da pequena área. No lance seguinte, o Bahia deu um dos seus únicos sustos na etapa final, em uma cabeçada de Everson, que acertou o travessão. 

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também

Felipão é demitido do Palmeiras
21Ago

Felipão é demitido do Palmeiras

Reunião na Academia define a saída do treinador

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec
21Ago

Libertadores: Palmeiras enfrenta o Godoy Cruz, e Flamengo pega o Emelec

O Palmeiras é o dono da melhor campanha no geral..

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo
21Ago

Palmeiras revê San Lorenzo em SP após 20 anos de jogo que serviu como consolo

Grupo F da Copa Libertadores

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio
21Ago

Carille esboça time do Corinthians com novidades no ataque para pegar o Grêmio

A maior novidade ficou na parte do ataque teste