São Paulo de Fato

SERIEDADE COM ALEGRIA

Perguntamos para algumas pessoas e recebemos várias respostas

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Quando jejuais, pois, não tomem um aspecto lúgubre como os hipócritas, que apresentam uma face desfalecida para que os homens percebam que estão jejuando. Em verdade vos digo que já receberam sua recompensa. Tu, pelo contrário, quando jejuares , unge tua cabeça e lave teu rosto, para que os homens não percebam que estás jejuando, mas o teu pai que está presente no segredo, e o teu pai que vê no segredo, recompensar-te-á (Mateus 6:16-18).  O que é ser cristão? Perguntamos para algumas pessoas e recebemos várias respostas, mas o que nos chamou a atenção foram as respostas baseadas na seriedade. Foram citados, inclusive, Eclesiastes 21:20 (o estulto, quando ri, ergue a voz); Eclesiastes 27:13 (a conversa do estulto é ultrajante, o riso a sensualidade do pecado) e Lucas 6:25 (ai de vós, que agora rides, porque estareis de luto e chorareis). Estas pessoas disseram ainda que o verdadeiro cristão é serio, não ri a toa, não conta piadas, não lê literaturas obscenas, não assiste TV, os seus dizeres é sim sim, não não  e não ouve programas que não sejam de suas igrejas, enfim, apresentaram um cristão triste, desiludido com a vida, com medo do mundo (porque é Satanás quem o governa) e por ai a fora. É evidente que nos espantamos. Como? (disseram eles), não gostaram das respostas? Foram todas baseadas na Bíblia (completaram) e o verdadeiro cristão baseia sua vida nas escrituras (afirmaram encerrando o assunto e virando as costas para irem embora).    Que se pode responder para pessoas convictas destas ideias e ideais? Pessoas fanáticas que veem pecado em tudo o que não corresponde à sua crença? E que não querem saber de novidades porque o diabo é cheio de astucia? Pessoas que não entendem que agindo desta maneira anulam a palavra de Deus com suas tradições (Mateus 15:6)? O aprendei de tudo e retenha o que é bom (! Tessalonicenses 5:21) e o tudo é licito mesmo que nem tudo me convém (1 Coríntios 6:12) ensinado por Paulo de nada vale? Imaginamos se um dia eles participarem de nossas reuniões de estudo. Dirão “é o demônio, estão possessos, estão endemoninhados, isto não pertence a Deus, mas a Satanás”. Com certeza, isso aconteceria. Estas mesmas pessoas também disseram que o verdadeiro cristão “ama a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a eles mesmos” e em suas palavras nota-se o separatismo social e religioso.  
 Como poderíamos lhes dizer que o Cristo era convidado para festas e casamentos? Para estar com amigos e se alegrarem juntos? Por acaso era Ele convidado para humor negro? E as crianças? Elas corriam como loucas em direção a um carrancudo? O pastor que encontra a ovelha perdida convoca os amigos e diz: “Alegrai-vos comigo” (Lucas 15:6) e a mulher que encontra a moeda perdida também diz: “Alegrai-vos comigo” (Lucas 15:9). Quantas vezes Jesus não deve ter dito: “Alegrai-vos?” Inúmeras acreditamos. Não cremos que ser cristão é seguir as normas de uma casa rígida. Ensombrecida pela tristeza e empobrecida pela seriedade excessiva. Não pode isto, aquilo e aquilo outro porque são as coisas do mundo, não é ser cristão. A nosso ver, o verdadeiro seguidor do Cristo é feliz, alegre, radiante, confiante. Não há tristezas em sua vida e não há proibições porque ele sabe distinguir o que o prejudica  e o que o eleva. Ele não se esquece do “devo e não posso, posso, mas não devo” e tem a certeza de que tudo na vida em excesso é prejudicial. Sim! Devemos ser sérios, mas com alegria porque ela faz parte do amar a Deus. Sérios no sentido de encararmos a vida, os problemas e até nossa escola religiosa, mas jamais fecharmos a nossa cara e fugirmos do mundo e de todos (Mas eu vos haverei de ver novamente, e o vosso coração se alegrará e a vossa alegria ninguém a poderá tirar (João 16:22)))  
Tanto ontem como hoje, neste mundo em que viveis, a seriedade pode ser uma maneira alegre de visão para o trato das coisas da vida. Não deve ser a desculpa para que todos vejam a seriedade como evolução religiosa, porque, se assim for, já ganhamos nossa recompensa. 

                                                

 
(A Banca do Livro Espírita)   
Visite-nos: Av. Itaberaba em frente ao 341,  no muro do cemitério da Freguesia do Ó -  Fale conosco: 11-97020.1055 / 11-2841.9061 e Ibraduch@hotmail.com  -  Conheça nossos pensamentos: www.bancanovaluz.blogspot.com.br   
Leia notícias jornalísticas: www.saopaulodefato.com

  • COMPARTILHE

SERIEDADE COM ALEGRIA

Quando jejuais, pois, não tomem um aspecto lúgubre como os hipócritas, que apresentam uma face desfalecida para que os homens percebam que estão jejuando. Em verdade vos digo que já receberam sua recompensa. Tu, pelo contrário, quando jejuares , unge tua cabeça e lave teu rosto, para que os homens não percebam que estás jejuando, mas o teu pai que está presente no segredo, e o teu pai que vê no segredo, recompensar-te-á (Mateus 6:16-18).  O que é ser cristão? Perguntamos para algumas pessoas e recebemos várias respostas, mas o que nos chamou a atenção foram as respostas baseadas na seriedade. Foram citados, inclusive, Eclesiastes 21:20 (o estulto, quando ri, ergue a voz); Eclesiastes 27:13 (a conversa do estulto é ultrajante, o riso a sensualidade do pecado) e Lucas 6:25 (ai de vós, que agora rides, porque estareis de luto e chorareis). Estas pessoas disseram ainda que o verdadeiro cristão é serio, não ri a toa, não conta piadas, não lê literaturas obscenas, não assiste TV, os seus dizeres é sim sim, não não  e não ouve programas que não sejam de suas igrejas, enfim, apresentaram um cristão triste, desiludido com a vida, com medo do mundo (porque é Satanás quem o governa) e por ai a fora. É evidente que nos espantamos. Como? (disseram eles), não gostaram das respostas? Foram todas baseadas na Bíblia (completaram) e o verdadeiro cristão baseia sua vida nas escrituras (afirmaram encerrando o assunto e virando as costas para irem embora).    Que se pode responder para pessoas convictas destas ideias e ideais? Pessoas fanáticas que veem pecado em tudo o que não corresponde à sua crença? E que não querem saber de novidades porque o diabo é cheio de astucia? Pessoas que não entendem que agindo desta maneira anulam a palavra de Deus com suas tradições (Mateus 15:6)? O aprendei de tudo e retenha o que é bom (! Tessalonicenses 5:21) e o tudo é licito mesmo que nem tudo me convém (1 Coríntios 6:12) ensinado por Paulo de nada vale? Imaginamos se um dia eles participarem de nossas reuniões de estudo. Dirão “é o demônio, estão possessos, estão endemoninhados, isto não pertence a Deus, mas a Satanás”. Com certeza, isso aconteceria. Estas mesmas pessoas também disseram que o verdadeiro cristão “ama a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a eles mesmos” e em suas palavras nota-se o separatismo social e religioso.  
 Como poderíamos lhes dizer que o Cristo era convidado para festas e casamentos? Para estar com amigos e se alegrarem juntos? Por acaso era Ele convidado para humor negro? E as crianças? Elas corriam como loucas em direção a um carrancudo? O pastor que encontra a ovelha perdida convoca os amigos e diz: “Alegrai-vos comigo” (Lucas 15:6) e a mulher que encontra a moeda perdida também diz: “Alegrai-vos comigo” (Lucas 15:9). Quantas vezes Jesus não deve ter dito: “Alegrai-vos?” Inúmeras acreditamos. Não cremos que ser cristão é seguir as normas de uma casa rígida. Ensombrecida pela tristeza e empobrecida pela seriedade excessiva. Não pode isto, aquilo e aquilo outro porque são as coisas do mundo, não é ser cristão. A nosso ver, o verdadeiro seguidor do Cristo é feliz, alegre, radiante, confiante. Não há tristezas em sua vida e não há proibições porque ele sabe distinguir o que o prejudica  e o que o eleva. Ele não se esquece do “devo e não posso, posso, mas não devo” e tem a certeza de que tudo na vida em excesso é prejudicial. Sim! Devemos ser sérios, mas com alegria porque ela faz parte do amar a Deus. Sérios no sentido de encararmos a vida, os problemas e até nossa escola religiosa, mas jamais fecharmos a nossa cara e fugirmos do mundo e de todos (Mas eu vos haverei de ver novamente, e o vosso coração se alegrará e a vossa alegria ninguém a poderá tirar (João 16:22)))  
Tanto ontem como hoje, neste mundo em que viveis, a seriedade pode ser uma maneira alegre de visão para o trato das coisas da vida. Não deve ser a desculpa para que todos vejam a seriedade como evolução religiosa, porque, se assim for, já ganhamos nossa recompensa. 

                                                

 
(A Banca do Livro Espírita)   
Visite-nos: Av. Itaberaba em frente ao 341,  no muro do cemitério da Freguesia do Ó -  Fale conosco: 11-97020.1055 / 11-2841.9061 e Ibraduch@hotmail.com  -  Conheça nossos pensamentos: www.bancanovaluz.blogspot.com.br   
Leia notícias jornalísticas: www.saopaulodefato.com

Veja também

Imagem de capa
Henrique Veltman,
Henrique Veltman,

A Vigésima-Quinta Hora, de Virgil Gheorgiu

Imagem de capa
Professor Clóvis
Professor Clóvis

Até o clima sofre com a situação!

Imagem de capa
Ari Pereira
Ari Pereira

ITBI - DIZ A JUSTIÇA O VALOR DE REFERÊNCIA É ILEGAL

Imagem de capa
Professor Clóvis
Professor Clóvis

Preço dos derivados de petróleo!